12 de junho de 2017

{Resenha} Cada um é o que é

Hoje a resenha é sobre o livro "Cada um é o que é" de Meire Campezzi Marques.

Eu peguei esse livro para ler porque tinha acabado de terminar uma trilogia que devastou meu coração, então nada melhor como um romance espírita para fazer a gente refletir e ao mesmo tempo se deliciar com a história.
Cada um é o que é
A história gira em torno da família de Paula, uma moça bonita e ao mesmo tempo muito insegura, que vive um relacionamento abusivo mas que ao mesmo tempo ama o esposo, Humberto, e não consegue se imaginar sem ele. Paula se vê obrigada a denunciar o marido no dia que em vai para o hospital por sofrer agressão física e além disso descobre seu irmão, internado no mesmo hospital por ter apanhado de Humberto.

A situação de Paula começa a melhorar quando se reaproxima de sua amiga e policial Marta, que a faz entender sobre a situação que ela estava vivendo. A única pessoa que não entende tudo isso é sua mãe, Helena, que por viver ainda na época passada, acredita que a culpa da situação é de Paula e não aceita um filho homossexual pelo seu preconceito. 

O que podemos perceber na história, é que a situação gira em torno de Paula, que por estar fragilidade, ainda se vê com uma baixa auto-estima dificultando o seu entendimento sobre a vida que está levando. Porém Paula não se deixa abater e vai atrás dos seus sonhos. No fim, vimos uma protagonista fortalecida e que cresceu ao longo da história. 

Uma questão que vejo como um ponto negativo no livro é o próprio ensinamento espiritual. Na escrita, as pessoas envolvidas recebem a orientação espiritual, mas não fazem nenhum tipo de estudo e não incentivam no livro. Um ponto importante na doutrina espírita é o estudo, então no livro isso deixou a desejar. 

Achei uma leitura bem fluida e rápida. Indico o livro para que as pessoas possam conhecer um pouco como o preconceito e a intolerância pode influenciar na nossa evolução moral. 

*Livro cedido pela Editora

Título: Cada um é o que é
Autor: Meire Campezzi Marques
Editora: Vida & Consciência
Páginas: 304
Sinopse: Cada um de nós sofre algum tipo de preconceito. Vivemos em uma sociedade cheia de normas, regras, condutas, padrões de beleza e comportamento rígidos, que nos conduzem à homogeneização, desrespeitando um dos princípios sagrados da natureza: a diversidade.
Nascemos com qualidades únicas. Temos gostos, vontades, desejos, tendências e tipos físicos distintos, justamente para aprendermos a nos aceitar incondicionalmente, o que talvez seja um dos maiores desafios impostos pela vida.
Este romance mostra que a autoaceitação é o único caminho possível para uma vida harmoniosa, equilibrada e repleta de paz e que é preciso aceitar as diferenças, entendendo que cada um se manifesta conforme seu nível de evolução, tenta fazer o melhor que pode e dá apenas o que tem. Afinal, cada um é o que é.


Nenhum comentário:

Postar um comentário


© Copyright 2017 - Embarcando na Leitura. Todos os direitos reservados