20 de outubro de 2017

{Resenha} Wytches

Hoje a resenha é sobre o livro "Wytches" de Scott Snyder e Jock

Eu fiquei super empolgada com a sinopse dessa graphic novel lançada pela DarkSide pois fala sobre bruxas e é um mundo diferente e ao mesmo tempo excitante. 



A história fala sobre a família Rooks. Sail, uma jovem que presencia o assassinato de uma colega da escola, tem sua vida virada de cabeça para baixo após isso. A família acaba mudando de cidade, e a menina tem que enfrentar o medo juntamente com a depressão e a ansiedade de não ser aceita na nova escola e pelos vizinhos. Ao mesmo tempo, o pai de Sail tenta lidar com o fantasma de um vício que ainda o assombro e o amor que tem filha irá ajudá-lo nessa mudança. O final é surpreendente e arrebatador.

Snyder reconta a história das bruxas de uma maneira que nos faz ficar aguardando o que uma pessoa é capaz de fazer para entregar entes queridos ou jurar para essas bruxas, que ficam sempre a espreita, esperando a hora de buscar o que lhes foi jurado, a alma de alguém. E algo que é assustador é que é impossível fugir delas, elas perseguem a pessoa aonde quer que ela esteja. 

E isso também é um ponto de reflexão dentro da HQ, o quanto vale aquela pessoa que você diz que ama? Quem você juraria para ter dinheiro, fama e glória? Uma reflexão que transcende as páginas do livro e nos faz refletir bastante.

O mais interessante na HQ é que a mistura de passado e presente nos faz entender a história de Sailor e o envolvimento dela e dos pais na trama. Os desenhos são aterrorizantes, nos faz ficar apavorados mas ao mesmo tempo a história é tão fascinante que você não vê a hora de chegar ao fim. 

E ao final, o autor ainda explica como chegou a criar uma história tão envolvente, cheia de mistério e suspense. 

Eu gostei bastante da história e a edição está lindíssima! É uma leitura que vale a pena, principalmente no mês do horror! Então está esperando o quê? Vem!



Título: Wytches
Autor: Scott Snyder, Jock,
Editora: DarkSide Books
Páginas: 192

Sinopse: Bruxas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar — e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda. É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade. Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo... e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso.
Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, WYTCHES é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as HQs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos.

12 de outubro de 2017

Lidos em Setembro

Olá pessoal,

Setembro é um mês que particularmente estou começando a gostar. Tentei dar um gás nesse mês, mas agosto ainda foi meu melhor rs.

Eu li 4 livros e gostei bastante das minhas leituras. Desempaquei uma que estava há um tempo e acho que isso me deixou mais feliz. Então vamos lá:

1 - Ecos da Pam Muñoz Ryan foi uma grande surpresa. Eu comecei a ler para um projeto de leitura, terminei e fiquei com gostinho de quero mais. Tem resenha aqui no blog deste livro sensacional. Vale a pena.

2 - Ídolos de Barro da Ana Cristina Vargas foi um romance espírita que demorei muito para ler, e quando finalizei esse mês dei pulos de alegria. E o pior que nem demorei porque o livro é chato, mas porque ele é rico de detalhes e de ensinamentos que faz a gente querer se aprofundar. Tem resenha aqui no Blog também, vem conferir que vale a pena.

3 - O Visconde que me amava da Julia Quinn é o 2º da série dos Bridgertons é um romance de época que faz você querer embarcar até Londres daquela época. E a Julia é maravilhosa com a sua escrita que nos envolve do início ao fim. Tem resenha aqui também.

E o último li no mês foi Poliana Okimoto de Helio de la Peña e Daniel Takata. O livro relata a vida dessa atleta que escreveu seu nome na história das maratonas aquáticas em águas abertas, por isso vem conferir que tem resenha aqui no blog também.

Esse mês não li muito, mas até que gostei do meu desempenho hehe.

Venham embarcar comigo nessa aventura de livros!

10 de outubro de 2017

{Resenha} O Visconde que me amava

Hoje a resenha é sobre o livro "O visconde que me amava", 2º da série Bridgertons, da Julia Quinn. 

Quando se trata em Londres, a caça aos casamentos estão a toda, em plena temporada de bailes e festas. Só que Anthony Bridgerton já está cansado de ter aventuras, ele quer encontrar uma mulher, casar, ter filhos e ainda continuar com a sua vida de libertino. Se apaixonar pela mulher não é uma opção para ele. Ao conhecer Edwina Sheffield, uma moça linda e a mais nova da família Sheffield, é a mais cobiçada no momento e Anthony acredita que ela será uma boa esposa.

O Visconde Que Me Amava

O que Anthony não esperava era que teria que ser aceito por todas as mulheres Sheffield, e Kate, a irmã mais velha da jovem, não acredita que um ex-libertino poderá ser um bom partido para sua irmã, mesmo sabendo que a família está passando por uma dificuldade financeira e que casar com Anthony as ajudaria as três a se reerguer na sociedade. 

Katherina Sheffield é uma mulher inteligente, apesar de não ser tão bonita, usa o que tem melhor para tentar orientar e ajudar a irmã mais nova nas suas decisões, principalmente quando se trata de casamento. Kate acredita no amor e acha que não vai casar por não ser uma mulher tão bonita e atraente dentro da sociedade. Ao conhecer Anthony, ela percebe o quanto ele é um libertino e não o vê como um bom partido para a sua irmã. 

Os dois se aproximam de uma maneira inesperada e Kate terá que rever os seus conceitos sobre Anthony. Por se tratar do filho mais velho, os dois tem em comum o amor pela família e além disso, Anthony é gentil e cavaleiro com as mulheres Sheffield, fazendo com que Kate se sinta até estranhamente encantada por ele. Ao mesmo tempo, Anthony vê em Kate uma mulher diferente, o que o faz ter alguns sonhos com ela, fazendo com que repense sobre o real sentido do casamento. 

De uma maneira primorosa, Julia Quinn, nos traz esse romance que faz com que fiquemos ligados na história do início ao fim. 
Kate é uma personagem forte e envolvente e faz com que nos apaixonemos por ela ao longo da leitura. Anthony se acha o último biscoito do pacote e as vezes você quer matá-lo, mas isso também passa ao longo da leitura. 

De uma forma envolvente a história se desenrola e quando chega ao fim, os suspiros só aumentam. 

Eu amei esse livro também. E acho que já falei para vocês, mas não sou muito fã de séries, eu leio e quando gosto não tenho como não falar e essa série está me deixando ainda mais apaixonada pela escrita de Julia, por isso quero ler todos. 

Indico o livro de olhos fechados, por isso vem embarcar comigo na Londres de 1814.


Título: O Visconde que me amava
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.
Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

8 de outubro de 2017

{Resenha} Poliana Okimoto

Hoje a resenha é sobre o livro "Poliana Okimoto" de Daniel Tanaka Gomes e Helio de la Peña.

Eu sempre gostei de Biografias e essa me surpreendeu muito positivamente.
O livro conta a história de sucesso da nadadora Poliana Okimoto. Se você está se perguntando quem é essa nadadora, é só conferir quem recebeu a única medalha olímpica na modalidade aquática pelo Brasil. Sim, foi ela, a super Poliana.

Poliana iniciou na natação em piscina muito nova. Sua mãe foi uma visionaria ao colocá-la no esporte e a menina que virou uma guerreira, muito disciplinada para se manter no esporte. Poliana foi uma promessa quando criança, ganhou alguns campeonatos atuando na modalidade infanto-juvenil, mas a partir do momento que começou a competir em piscina na fase adulta, não conseguia bater muitas meninas que estavam iniciando, com um gás total.

Poucos acreditaram em Poliana, após a fase adulta, e uma sacada do seu marido e técnico Ricardo Cintra fez com que a nadadora saísse das águas em piscina para águas abertas, modalidade que foi incorporada nas Olimpíadas em 2008, com uma só prova de 10 km.

Poliana tinha uma boa técnica no nado e sempre foi atleta de longas distâncias, então para Ricardo, treinar e tentar se desenvolver em águas abertas não seria um problema para ela. E ele estava totalmente certo. Passado o primeiro susto de Poliana, de ter que  enfrentar o mar e ainda mais nadando, ela se saiu muito bem e a partir da vitória na Travessia dos Fortes, no Rio de Janeiro, a nossa atleta iniciou sua caminhada em águas abertas.

A trajetória é surpreendente e se você, assim como eu, não conhecia essa atleta e o que ela fez para conseguir a medalha nas Olimpíadas do Rio foi surpreendente. Vem ler também essa Biografia, você não vai se arrepender.



Título: Poliana Okimoto
Autor: Daniel Takata Gomes e Helio de la Peña
Editora: Contexto
Páginas: 240
Sinopse: Em um país que valoriza pouco seus atletas, a trajetória de Poliana Okimoto serve de inspiração para uma legião de nadadores. Sua medalha olímpica, conquistada em 2016 no Rio de Janeiro na maratona aquática, foi a primeira obtida por uma mulher brasileira na natação. Poliana precisou de muito trabalho e paciência para chegar lá, percorrendo um caminho repleto de alegria, decepção, superação, pioneirismo e glória.

30 de setembro de 2017

Encontro com Livreiros - Editora Arqueiro

Olá pessoal,
Hoje vou falar um pouco do Encontro com Livreiros, que ocorreu aqui em São Paulo, no dia 26/09 pela Editora Arqueiro.

Todos sabemos que a Editora lança um montante de livros no primeiro semestre e depois no segundo semestre, então vamos conhecer um pouco das novidades da Arqueiro até o fim do ano!

E a apresentação se iniciou com o novo livro de Dan Brown, ORIGEM, que para quem é fã de O Código Da Vinci, virá para deixar os fãs dele com um gostinho de quero mais. 
Outro lançamento esperado é o COLUNA DE FOGO do Ken Follett que chegará nas livrarias em 12/09, sendo esse o primeiro de uma trilogia. 

Para quem é fã de romances de época e se apaixonou pelos Bridgertons de Julia Quinn, vem aí dois livros da inesquecível LADY WHISTLEDOWN, a fofoqueira de Londres. Vamos aguardar os lançamentos dessa duologia prevista para ser lançada em Janeiro/2018. 

Outra queridinha da Editora é a Lucinda Riley que tráz o livro A IRMÃ DA PÉROLA. 

A Editora trouxe bastante livro de auto-ajuda e conhecimento que estarão nas livrarias para quem gosta desse gênero. 

Já pela Editora Sextante teremos: 

Entre os nacionais temos o mais novo livro de Ique Carvalho, TRAGO SEU AMOR DE VOLTA SEM PEDIR NADA EM TROCA e Daiana Garbin, FAZENDO AS PAZES COM O CORPO. Essa última fala em seu livro como é difícil ter um transtorno de imagem quando você tem que manter o padrão de beleza por estar trabalhando em uma das maiores emissoras de TV do Brasil. 

E o último na qual quem falou foi a própria autora foi POESIA REUNIDA de Bruna Lombardi. A Bruna é uma graça e se colocou a disposição ao final para fotos e dúvidas. 

Eu gostei bastante do encontro, por ser de fim de ano, alguns livros são ótimos até para dar como presente de Natal. Então vale a pena conferir nas livrarias próxima a vocês. 

Kit recebido ao final do Evento



© Copyright 2017 - Embarcando na Leitura. Todos os direitos reservados