14 de julho de 2019

{Resenha} A torre do amor

Hoje a resenha é sobre o livro "A torre do amor" de Eloisa James.

Foto retirada do arquivo pessoal

Esse é o quarto livro da série Contos de Fadas e estava super ansiosa para lê-lo. 

Nesta releitura de Rapunzel, temos a bela Edith, ou Edie, para os íntimos, uma dama que ama mais que tudo seu Violoncelo até conhecer o Duque de Kinross ou Gowan, para os mais íntimos. 

Edie é uma mulher direta, sabe o que quer, mas em se tratando das suas intimidades, acaba pedindo ajuda a sua madrasta Layla, e se conselho fosse bom, a gente vendia, não é mesmo?
Layla tem um jeito meio impulsivo de lidar com as coisas e faz com que Edie tome decisões que podem a prejudicar em um futuro próximo com o seu Duque. 

Gowan é um homem teimoso e viciado em trabalho, se fosse hoje, falaríamos que ele é um workaholic, mas ainda sim, uma coisa faz com que ele deixe de trabalhar, Edie. 
Foto retirada do arquivo pessoal

Esse é um livro que começa um pouco morno e depois começa ficar quente até pegar fogo. 

Confesso que de todos os livros da série, o primeiro (Quando a Bela domou a Fera) ainda é o meu favorito. A escrita de Eloisa é muito interessante e a leitura se torna muito fluida depois do início um pouco maçante. 

Edie é aquele tipo de personagem que cresce bastante na trama e acaba até ficando bem interessante, diferentemente de Gowan. O achei muito arrogante no início, mas ele vai derretendo o gelo que tem no coração até o fim do livro. Os personagens secundários são super importantes para o desenvolvimento da história, como o pai de Edie e a irmã de Gowan: Susannah. Além dos empregados que ajudarão Edie em um dos piores momentos dela dentro da trama.  

Um fator importante a ser levantado nesse livro, foi em relação a sexualidade do casal. Acredito que naquela época era super difícil para o homem e a mulher entender o que poderia ou não fazer na cama e a autora nos traz o drama vivido pelos dois. É uma parte bem interessante do livro. 

Foto retirada do arquivo pessoal
A descrição da Eloisa é tão clara que nos transporta ao Castelo e nos faz imaginar na torre, assim como Edie, além de vê-la tocando nos faz sentir que estamos num recital. E é por isso que acho a escrita de Eloisa sensacional. 

Eu gostei do livro, gostei da narrativa e dos personagens. Então, vem embarcar nesse conto de fadas que fará você escalar uma torre. 


Título: A torre do amor
Autor: Eloisa James
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Sinopse: Quando Gowan, o magnífico duque de Kinross, decide se casar, seu plano é escolher uma jovem adequada e negociar o noivado com o pai dela. Ao conhecer Edie no baile de apresentação dela à sociedade, ele acredita que, além de linda, ela também seja a dama serena que ele procura e imediatamente pede sua mão.
Na verdade, o temperamento de Edie é o oposto da serenidade. No baile, ela estava com uma febre tão alta que mal falou e não conseguiu prestar atenção em nada, nem mesmo no famoso duque de Kinross. Ao saber que seu pai aceitou o pedido do duque, ela entra em pânico. E quando a noite de núpcias não é tudo o que podia ser...
Mas a incapacidade de Edie de continuar escondendo seus sentimentos faz com que o casamento deles se desintegre e com que ela se recolha à torre do castelo, trancando Gowan do lado de fora.
Agora o poderoso duque está diante do maior desafio de sua vida. Nem a ordem nem a razão funcionam com sua geniosa esposa. Como ele conseguirá convencê-la a lhe entregar as chaves não só da torre, mas também do próprio coração? 






2 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Não li esta série ainda, mas sempre vejo falar bem de Quando a Bela domou a Fera, tenho quase certeza que irei gostar,pois adoro contos de fadas. Achei uma graça as capas dos livros.

    Abraços!
    www.vancarlos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A série é boa. Particularmente o meu preferido ainda é Quando a Bela domou a Fera, mas acho legal a leitura dos outros.

      Denise

      Excluir

/

© Copyright 2017 - Embarcando na Leitura. Todos os direitos reservados