17 de janeiro de 2019

{Resenha} Rastro de Sangue: Jack, o Estripador

Hoje a resenha é sobre o livro "Rastro de Sangue: Jack, o Estripador" de Kerri Maniscalco.


Eu fiquei muito empolgada com a premissa desse livro, achei super interessante! Pensando que na época eu já estava orfã da Lia ( Trilogia Crônicas de Amor e Ódio), encontrar uma jovem mulher com instinto de detetive e ainda empoderada, me fez pirar.

Audrey Rose Wadsworth não é uma garota como qualquer outra, no auge dos seus 17 anos, ela gosta de frequentar o laboratório do seu tio Jonathan, estuda medicina legal e forense. E para ela, não tem problema se ficar com cheiro de formol e sangue, ela tem fascínio pela área mas é impedida de frequentar as aulas por ser mulher, e a cada cadáver que o seu tio analisa, a jovem está do lado o analisando meticulosamente também.

A questão é que seu pai tem pavor de que algo aconteça a nossa protagonista e a proíbe inclusive de sair de casa, só que como nada é impossível para Audrey, ela sai escondida mesmo e se aventura ao lado de seu tio a desvendar o homicida que está aterrorizando mulheres na cidade e o faz de uma maneira bem violenta.

Jack, como é intitulado começa a matar mulheres e é de tanta violência que Audrey se vê muito envolvida nos casos, por ser mulher, por não poder se vestir como bem entende, por estar em uma sociedade na época, uma Londres marcada por preconceitos em que a mulher tem que seguir os padrões da sociedade, tomar chá da tarde e tricotar. Audrey Rose se vê instigada a encontrar o assassino juntamente com o auxiliar de seu tio, o inteligente e charmoso Thomas Cresswell.

A amizade dos dois acaba crescendo e no meio do caminho Audrey também se vê emocionalmente envolvida com Thomas. E os dois acabam tomando rumos perigosos que poderá colocar tanto a vida de Audrey em risco como diminuir seu interesse por Thomas.

A história começa de um jeito interessante, tem momentos bem de monotonia e o do meio para o fim você acaba se prendendo melhor na história. A narrativa de Kerri, inclusive da descrição dos corpos, os aromas e ambientes são sensacionais. Parece que a gente voltou a Londres do século XIX.


Alguns aspectos me incomodaram bastante no livro. Um ponto que fiquei me questionando foi a relação do Thomas com a Audrey, em momentos do livro você acaba querendo que eles parem de flertar e só desvendam o caso. Achei ele também bem arrogante e não conseguiu me cativar enquanto personagem, não sei porque parece tanto com os homens nos quais temos que lidar em pleno século XXI.

Outro ponto é que a leitura fica bem arrastada, como se não conseguisse se desenrolar, ou porque seria muito rápido, não sei mesmo, mas tem partes bem maçantes e tive que parar e retomar para conseguir finalizar.

Um ponto que gostei bastante foi a protagonista ter essa visão mais determinada e se empoderar do movimento em prol as mulheres que estavam sendo mortas. Ela sabe o que quer, ela quer estudar, se ela não pode frequentar a aula, vai sugar o tio que é estudioso no assunto. Ela não gosta de saia e faz de tudo para não usar. Então, nesse ponto me identifiquei bastante com o impeto curioso e avassalador de Audrey. Uma verdadeira rainha de seu tempo.

Ao fim do livro nos deparamos com um drama familiar. Audrey Rose juntamente com Thomas acabam conseguindo desvendar o criminoso, mas o fim não me cativou também muito. Eu acho q esperava mais! De qualquer forma, gostei do livro, não amei e o indico para que possamos voltar no tempo e conhecer um pouquinho desse assassino que trouxe muito pavor para a Londres daquela época.


Título: Rastro de Sangue: Jack, o Estripador
Autor: Kerri Maniscalco
Editora: DarkSide Books
Páginas: 354
Sinopse: O assassino mais perigoso da história espera por você Combine a astúcia de Sherlock Holmes com a determinação de Lia, a heroína das Crônicas de Amor & Ódio. Pronto, você já tem uma pista de quem é Audrey Rose, a detetive protagonista de Rastro de Sangue: Jack, o Estripador. Prepare-se para acompanhá-la pelos becos sombrios de Londres neste romance policial com grande pesquisa histórica. Você nunca mais vai encarar a era vitoriana do mesmo jeito após devorar este lançamento da DarkSide Books. 
Audrey Rose não é a típica donzela inglesa do século xix. Quando ninguém está vendo, a jovem realiza autópsias no laboratório de seu tio, contrariando a vontade de seu pai e todas as expectativas da sociedade. Ela pode não saber fazer um penteado elaborado, mas faz uma incisão em Y num cadáver como ninguém. Seus estudos em medicina forense a levam na trilha do misterioso Jack, cujos assassinatos brutais derivados de uma terrível sede de sangue amedrontam a cidade. E Audrey Rose, empoderada desde o berço, quer fazer justiça às vítimas - ​​mulheres sem voz e marginalizadas por uma sociedade extremamente sexista. Na companhia de Thomas Cresswell, o aprendiz convencido e irritante de seu tio, ela decide seguir seus instintos e os rastros de sangue do notório assassino. Afinal, nenhum homem foi capaz de descobrir sua identidade. Esse é um trabalho para uma mulher.
Rastro de Sangue: Jack, o Estripador é o primeiro volume de uma série que já prevê inspiração em outros personagens clássicos da era vitoriana, como o Príncipe Drácula e o Escapista Harry Houdini. É também o romance de estreia de Kerri Maniscalco, autora descoberta por James Patterson, que vem conquistando o coração de leitoras e leitores em todo o mundo. Aqui no Brasil, os fãs podem esperar aquele padrão de qualidade quase psicopata da DarkSide Books. Uma edição feita sob medida para acompanhar os leitores nessa investigação cheia de reviravoltas. E, como se fosse preciso dizer, em capa dura, é claro. 
Rastro de Sangue: Jack, o Estripador faz parte da linha editorial DarkLove, só com livros escritos por mulheres com grandes histórias para contar. Os detalhes sobre medicina forense aproximam também os fãs de livros da coleção Crime Scene, como O Segredo dos Corpos ou os Arquivos Serial Killers, de Ilana Casoy. Recomendado também para os amantes de CSI, Mindhunter, O Terror Gótico de Penny Dreadful e o Medo Clássico de Edgar Allan Poe.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

/

© Copyright 2017 - Embarcando na Leitura. Todos os direitos reservados