12 de junho de 2022

{Resenha} Quase casados

Hoje a resenha é sobre o livro "Quase casados" de Jane Costello. 

Foto retirada de Arquivo Pessoal

Eu peguei essa dica de leitura pelo Kindle Unlimited e confesso que gostei bastante. A leitura me surpreendeu. 

Zoe Moore estava com tudo pronto para subir ao altar. Depois de um relacionamento longo e de ter em seu noivo, seu melhor amigo, ela não tinha duvidas de que seria o dia mais feliz de sua vida. Só que ela não contava, que o noivo desistiria no último minuto e a deixaria no altar, sem nem olhar para trás. 

 Zoe não se conforma que tem que recomeçar a sua vida e larga Liverpool. Vai para os Estados Unidos, tentando esquecer os momentos difíceis que passou. E lá, ela conhece Ryan, um viúvo que faz com que ela a vida de Zoe se torne um inferno. 

A única coisa boa dessa relação são as crianças. Os filhos de Ryan fazem de tudo para aceitar a nova babá, e além de cuidar das crianças, Zoe acaba virando uma dona do lar e auxiliando em tudo do que Ryan precisa. 

A única coisa que não gostei foi a forma como Ryan tratou Zoe, desde o início ele foi um ogro, a maltratando e deixando toda a responsabilidade da casa e das crianças nas costas da nova babá. E, vamos combinar que ela não tinha obrigação de ficar a disposição do cara vinte e quatro horas por dia. E, é isso que acontece com a nossa protagonista. 

No começa, a achei meio inocente, mas depois vi que o Ryan é muito folgado mesmo. E, não importa que seja gato, trate a mulher que está cuidando de seus filhos com respeito. 

Eu gostei da leitura, o final não me surpreendeu, mas deu para dar uma aquecidinha no coração. Nesses tempos de amores líquidos, terminar um livro com um sorriso no rosto, dá muita satisfação. 

E vocês, gostam de romances leves também? Vem embarcar comigo nessa história fofa. 

Onde ComprarAmazon

Título: Quase Casados
Autor: Jane Costello
Editora: Record
Páginas: 414

SinopsePara Zoe Moore, o dia de seu casamento foi o mais marcante de sua vida. Ou melhor, o dia em que deveria ter se casado, mas em vez disso, foi largada no altar após sete anos de namoro. Arrasada e disposta a se recuperar, ela decide se mudar de Liverpool para os Estados Unidos e trabalhar como babá. Ao chegar em Boston, ela se depara com a esperta Ruby, prestes a completar 6 anos, o adorável Samuel, que acaba de fazer 3, e o pai deles, Ryan Miller. Seu novo chefe, além de fazer uma bagunça sem precedentes e de ter um mau humor imbatível, é incrivelmente bonito. Depois de um começo um tanto decepcionante, Zoe e Ryan começam a se entender, mas ela está prestes a descobrir que recomeços podem ser mais difíceis do que esperava.

29 de maio de 2022

{Resenha} A paciente silenciosa

 Hoje a resenha é sobre o livro "A paciente silenciosa" de Alex Michaelides.

Foto retirada de Arquivo Pessoal

A leitura desse livro me trouxe vários sentimentos. Fazia tempo que não lia uma linha estruturada tão bem feita e montada, para você ficar tenso do início ao fim. 

Alicia Berenson era uma artista muito bem sucedida, tinha sua carreira como pintora consolidada e um casamento perfeito. Amava o marido mais do que amava a si mesmo e aí é que está o erro. Alicia o amava tanto que deu cinco tiros na sua face e depois disso nunca mais falou. Alicia fez isso mesmo e as justificativas a gente conseguindo desvendar ao longo da leitura. 

Ao ser internada em um hospital psiquiátrico, Alicia passa a ser uma mulher solitária, e é nesse contexto que ela conhece Theo Faber, um psicoterapeuta forense, que quer salvar Alicia de si mesmo e desse mundo silencioso na qual ela vive. 

Theo sabe como lidar com o temperamento de Alicia, não acredita que ela tenha alguma doença mental de base, apesar de todos torcerem contra. 

Foto retirada de Arquivo Pessoal

A trama é muito bem desenvolvida e você acaba se perguntando o porquê de Alicia ter assassinado o esposo, o seu amado companheiro e amigo, a sangue frio. Será que foi ela mesma quem atirou? Será que Alicia estava sob o efeito de alguma substância? Ou será que ela é simplesmente psicopata, e agiu fria e calculadamente?

Só posso dizer que a leitura é muito instigante. O livro é um thriller que fará você se tremer de raiva e ao mesmo tempo de curiosidade. Fazia muito tempo que eu não lia um livro que me prendesse tanto e que me deixasse apreensiva e esse foi um deles. 

Ficaram curiosos? Venham fazer essa leitura e me contem o que acharam. Não tem como não indicar essa leitura de olhos fechados. 

Onde ComprarAmazon

Título: A paciente silenciosa
Autor: Alex Michaelides
Editora: Record
Páginas: 364

Sinopse: Alicia Berenson tinha uma vida perfeita. Ela era uma pintora famosa casada com um fotógrafo bem-sucedido e morava numa área nobre de Londres que dá para o parque de Hampstead Heath. Certa noite, Gabriel, seu marido, voltou tarde para casa depois de um ensaio para uma revista de moda e, de repente, a vida de Alicia mudou completamente.Alicia tinha 33 anos quando deu cinco tiros no rosto do marido. Depois disso, nunca mais disse uma palavra.
A recusa da artista a falar ou a dar qualquer explicação transforme essa tragédia doméstica em algo muito maior - um mistério que atrai a atenção do público e aumenta ainda mais a fama da pintora. Entretanto, ao mesmo tempo que seus quadros passam a ser mas valorizados que nunca, ela é levada para o Grove, um hospital psiquiátrico judiciário na zona norte de Londres.
Theo Faber é um psicoterapeuta forense que espera há muito tempo por uma oportunidade de trabalhar com Alicia. Ele tem certeza de que é a pessoa certa para lidar com o caso. No entanto, sua determinação para fazê-la falar e desvendar o mistério de por que ela atirou no marido o arrasta para um caminho tortuoso que sugere que as raízes do silêncio de Alicia são muito mais profundas do que ele jamais poderia imaginar.
E, se ela falar, ele será capaz de encarar a verdade?


24 de maio de 2022

{Resenha} Apenas três palavras

 Hoje a resenha é sobre o livro "Apenas três palavras" de Eduardo Baccarin-Costa. 

Foto retirada de Arquivo Pessoal

E quando a editora Madrepérola lançou esse livro, eu simplesmente surtei. Na minha cabeça ele falava de outra coisa, não sei porque, pra mim era um thriller psicológico, acho que pela capa, afinal eu nunca leio sinopses, acho que elas entregam muito o que o livro nos diz. E depois de um tempo consegui lê-lo e não é que ele me surpreendeu demais. 

E o livro vai contar a história dentro de um Brasil onde a Ditadura impera e ler era algo proibido, falar de política então, nem se fale. A liberdade tinha sido ceifada de muitas pessoas, mas para Celso Rafael, a sua juventude ainda estava começando e foi em um jogo do Brasil, quando todos estavam felizes e torcendo que ele foi preso injustamente pelos militares. 

Celso não sabia o que estava acontecendo, afinal ele era um estudante, adorador da leitura e de discussões filosóficas. E quem iria imaginar que aquela tarde, terminaria daquele jeito. 

O jovem sofreu agressão para confessar algo que ele nem sabia o que era. Seus amigos sofreram juntos. Todos foram presos, condenados e tiveram sua juventude ceifada. Mas, o Brasil, ahhhh esse estava feliz, afinal tinham as novelas e o futebol para ocupar o espaço da população que carecia de estudo e mais oportunidades. 

Apenas três palavras vem falar da dor da perda, perda dos direitos, da dignidade, do amor e da esperança. Vem abrir uma ferida, que por mais que esteja cicatrizada, traz marcas em uma sociedade que perdeu milhares de pessoas, por uma ideologia que hoje a gente questiona. Uma sociedade que sofre até hoje os efeitos dessa tragédia que foi a Ditadura. 


Foto retirada de Arquivo Pessoal

Eu li esse livro muito rápido. Os personagens são bem construídos e não tem como se emocionar com a história de Celso e de tantos outros que tiveram suas vidas marcadas pela violência gerada nas décadas que ocorreram a Ditadura. 

Se você não conhece o livro. Vem conhecer, tenho certeza que você não irá se arrepender. É uma leitura que eu indico de olhos fechados. Está esperando o que?

*Livro cedido em parceria com a Editora. 

 Onde ComprarAmazon

Título: Apenas três palavras
Autor: Eduardo Baccarin-Costa
Editora: Madrepérola
Páginas: 156

Sinopse: No auge da Ditadura Militar, em 1970, um jovem — sem qualquer vínculo com a resistência à Ditadura — é preso, acusado de fazer parte de uma célula terrorista e comunista, por estar no lugar errado, na hora errada. Torturado, junto com os amigos, consegue fugir para o sertão de Pernambuco, reencontra a vida, um sentido para viver, e o amor. Tudo isso em cartas que começaram com apenas três palavras, mas que sempre expressaram o desejo pela paixão e liberdade em seu sentido mais amplo.

16 de maio de 2022

{Resenha} Laços de amor

Hoje a resenha é sobre o livro "Laços de Amor" de Amadeu Ribeiro.

Foto retirada de Arquivo Pessoal

Melina é uma pediatra muito dedicada, mas um plano de vingança pode abalar a sua encarnação nessa vida. A moça foi criada com muito amor pelo seu pai, uma relação de afeto de outras vidas. A sua mãe, ao contrário de seu pai, sempre foi mais poliqueixosa e mal humorada. 

Só que a falta de fé pode abalar as estruturas da nossa médica. Uma leva de espíritos estão conspirando juntamente com seu líder para que a menina caia nas garras do vício e se afunde, até voltar para o plano espiritual. 

Será que o amor vai vencer as barreiras do mal? 

Essa é uma pergunta que eu sempre me faço, pois nesse mundo passamos por poucas e boas. Nos enveredamos por uma estrada sinuosa e cheia de apuros, e se a fé move montanhas, conseguimos transpor essas barreiras. 

Foto retirada de Arquivo Pessoal

E Melina terá que se apegar em uma força superior para conseguir driblar as investidas de Chronos, que não suporta o fato de o ter deixado em outras vidas. A vingança é um sentiEu mento bem triste e solitário, enquanto você fica remoendo uma situação, faz com que esse sentimento tome conta da sua vida e esgote suas possibilidades de ser feliz. 

Eu gostei bastante da leitura, apesar de ter momentos de quere matar a Melina pela sua incredulidade. Eu sei que a gente não precisa ter uma religião para se apegar a espiritualidade e é isso que falta à nossa protagonista. A médica é muito racional, e acaba sendo bastante influenciada. 

É uma leitura que faz você se questionar em muitos momentos, faz você refletir sobre as crenças e sobre o que realmente é bom. Uma leitura que fará você acreditar que o amor fraterno é muito forte e pode salvar vidas. 

Se você não conhece o livro e nunca leu nada sobre espiritualidade, vem dar uma chance a essa leitura. Você não irá se arrepender. 

*Livro cedido em parceria com a Editora. 

Onde ComprarVida e Consciência

Título: Laços de Amor
Autor: Amadeu Ribeiro
Editora: Vida e Consciência
Páginas: 352

SinopseO que você seria capaz de fazer para proteger um filho? A médica Melina sempre foi a menina dos olhos de seu pai, Orlando. Criada em um ambiente de amor e carinho, ela acreditava ter uma vida feliz e estável, mesmo que a rotina exaustiva de sua profissão a deixasse sem tempo para romances, filhos, amizades e, principalmente, para si mesma. No entanto, forças espirituais poderosas e sombrias travavam um intrincado plano de vingança contra a jovem devido a um passado em comum, que resultou em situações inacabadas.Alheia à presença de amigos astrais, que tudo faziam para ajudá-la a manter uma vida de paz e equilíbrio, Melina deixou-se afundar cada vez mais em um mundo novo, obscuro e perigoso. Quando tudo, no entanto, parecia perdido, Orlando descobriu dentro de si uma força extraordinária, que ele usou como ferramenta para resgatar das trevas a única pessoa que sempre amou.Neste belo e envolvente romance, que traz preciosos e importantes ensinamentos, você descobrirá como trabalham as forças espirituais superiores e inferiores e que a escolha por uma vida positiva, equilibrada e feliz depende unicamente de cada um de nós.

15 de maio de 2022

{Resenha} Uma pitada de amor

 Hoje a resenha é sobre o livro "Uma pitada de amor" de Katie Fforde.

Foto retirada de Arquivo Pessoal

Eu li esse livro por pura coincidência. Ele estava disponível no Kindle Unlimited e não é que me surpreendi. E vamos conhecer a nossa Zoe, uma moça que sabe cozinhar e fará de tudo para agradar a todos e ainda conquistar uma competição de um programa de culinária. 

A nossa protagonista começa a ter consciência desde cedo que é muito boa na cozinha, quando descobre que a sua parceira de quarto é Cher, uma mulher que fará de tudo para pisar e humilhar todos os outros concorrentes, só para ganhar a competição. 

Mas, nesse meio tempo, Zoe prova por a mais b que é capaz de cozinhar perfeitamente bem e ainda se apaixonar por nada mais nada menos que um jurado. Isso mesmo pessoal. Zoe fica encantada e a partir daí essa relação começa a tumultuar a vida da nossa protagonista e sua participação no reality, que era um sonho muito antigo e necessário para que ela realize os seus desejos. 

Eu gostei bastante do livro, achei a leitura bem leve e fluida. A Zoe é uma mulher que quer agradar a todos, mas esquece de seus desejos e anseios. E isso foi o que mais me incomodou no livro. Ela não consegue dizer não, e em vários momentos sai prejudicada por causa disso. 

O que falar dos personagens secundários. Cher é intragável, acha que só ela é a melhor e a mais bonita e acha que vai ganhar o programa se der em cima dos jurados ou jornalistas. 

Gideon é um dos jurados e sabe que é bom naquilo que faz. O encantamento de Zoe é instantaneo, mas por ser jurado, eles terão que percorrer um longo caminho. 

Foi uma leitura bem agradável e bem tranquila. Uma leitura para os dias de inverno, com um café no colo, porque ele aquece o coração. 

Então, está esperando o que para ler essa belezura? Vem embarcar nessa cozinha cheio de doces e travessuras. 

Onde ComprarAmazon

Título: Uma pitada de amor
Autor: Katie Fforde
Editora: Record
Páginas: 400

Sinopse: Uma aspirante a cozinheira em um programa de TV. Um jurado muito atraente. Um amor proibido.Quando Zoe Harper conquista uma cobiçada vaga em um reality show de culinária, ela mal pode esperar para pôr suas habilidades à prova. Sua principal motivação é o prêmio em dinheiro: um valor que certamente a ajudaria a abrir sua tão sonhada delicatéssen.
No entanto, ela logo percebe que a competição vai muito além da cozinha. Cher, outra concorrente, está disposta a tudo para ganhar, incluindo jogar seu charme para cima dos jurados. E as coisas se complicam ainda mais quando Zoe percebe que está se apaixonando por um deles: o incrivelmente sexy Gideon Irving. Com tudo o que está em risco, os dois têm muito a perder caso se envolvam, algo que parece cada vez mais inevitável.
De repente, Zoe percebe que há mais em jogo do que apenas canapés, cupcakes e técnicas de corte. Uma pitada de amor é um livro engraçado e doce na medida certa.
• Uma pitada de amor foi vencedor do prêmio de melhor romance contemporâneo da Romantic Novelists’ Association, instituição inglesa que tem por objetivo promover a ficção romântica.
• Da autora, a Editora Record já publicou Amor nas entrelinhas.
• Para fãs de chick-lit e reality shows de culinária. Este tipo de programa de TV vem se tornando cada vez mais popular no Brasil e no mundo, como Masterchef, Top Chef, Hell’s Kitchen, Cake Boss, Cozinha Sob Pressão, Cozinheiros em Ação.








/

© Copyright 2017 - Embarcando na Leitura. Todos os direitos reservados